Notícias

13/04/2022

Ação 'Facilita Imposto de Renda' aproxima CRCRJ da população carioca

O Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro ficou ainda mais próximo da população carioca com a ação "Facilita Imposto de Renda", realizada nos dias 11 e 12 de abril. Contadores do CRCRJ tiraram dúvidas de dezenas de pessoas  gratuitamente sobre a declaração em três pontos da cidade: Largo da Carioca, no Centro, Passeio Shopping, em Campo Grande, e no centro comercial Polo 1, em Madureira. Analistas de negócios do Sebrae Rio também participaram da iniciativa. Eles ofereceram atendimento ao público sobre MEI, o microempreendedor individual.
 
"O atendimento não foi nota dez, foi nota mil. Eu só tenho que parabenizar essa iniciativa do CRCRJ", afirmou Leonardo Jamir Rocha dos Santos, primeiro a chegar à tenda montada no Largo da Carioca. Técnico em contabilidade e morador do bairro Vista Alegre, na Zona Norte, ele fez e recebeu pagamentos pelo aluguel de imóveis em 2021 e, apesar de já estar habituado a fazer a própria declaração do Imposto de Renda e a da mãe dele, dessa vez teve dúvidas - todas sanadas durante o atendimento prestado pelo Conselheiro Mauro Benevenuto.
 
 
"Ver essa ação tomar forma é um orgulho. Assumimos um papel social enquanto profissionais da contabilidade e essa é uma maneira de demonstrar a relevância da classe para a sociedade. Principalmente, considerando que o Imposto de Renda é uma pauta em que somos os especialistas" afirma o presidente do CRCRJ, Samir Nehme.
 
 
Entre as dúvidas esclarecidas pelos consultores voluntários, questões relacionadas à herança foram as mais frequentes. A vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do CRCRJ, Ilan Renz, atendeu cerca de 50 pessoas no Largo da Carioca e observou que várias delas queriam saber mais sobre o como declarar bens herdados. "As dúvidas mais comuns tem a ver com herança. Muitas pessoas perguntaram, por exemplo, como fazer declaração de final de espólio, onde declarar herança recebida ou se precisa comunicar venda de um bem que herdou", contou. 
 
 
Outros questionamentos que surgiram foram sobre como declarar pagamentos a terceiros para dedução. "Esse ano teve algumas mudanças, como essa. Agora, o contribuinte tem que especificar o serviço que foi deito e não apenas os dados do prestador e o valor. Por exemplo: em caso de exames médicos, é necessário especificar o CNPJ do laboratório, o custo e também o tipo de exame", explicou Ilan Renz.
 
 
Para o Conselheiro Mauro Benevenuto, os benefícios do atendimento ao público não foram apenas para quem precisava da orientação. Segundo ele, os próprios contadores voluntários também levaram aprendizados consigo. "A gente acabou conhecendo situações inéditas, casos com os quais jamais havíamos nos deparado ainda. Ao ouvir os relatos das pessoas, aprendemos muito também", disse. 
 
 
A artesã Bárbara Cristine Barreto estava de passagem pelo Largo da Carioca quando viu a tenda montada e se interessou pelos serviços. "Eu quero dar uma guinada no meu negócio, então conversei com a analista do Sebrae. Muita gente tem MEI e não se aprofunda, acaba fazendo dívidas pois não constrói uma visão mais profissional. Também preciso regularizar algumas questões fiscais, por isso, também aceitei ajuda do contador voluntário do CRC. Achei a ação ótima e faço votos de que aconteça mais vezes", afirmou.
 
 
Cidadãos que vão declarar Imposto de Renda pela primeira vez este ano também passaram pelo atendimento. Foi o caso dos amigos Fernando Luiz Gabilan e Joubert Ramos, ambos operadores portuários. "Passamos aqui, lemos o cartaz com o anúncio do serviço e viemos fazer algumas perguntas. Foi rápido, esclarecimento ótimo. Conseguimos tirar nossas dúvidas de graça e agora vamos procurar um profissional da contabilidade para fazer as declarações", disse Joubert.
 
 
Após ouvir pelo rádio a informação sobre o evento do CRCRJ em parceria com o Sebrae Rio, a aposentada Zaíra Maria de Souza Marques decidiu aproveitar uma passagem pelo Centro para tirar algumas dúvidas: "foi tudo esclarecido, estou muito satisfeita e agradecida". 
 
 
A Receita Federal prorrogou o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 para dia 31 de maio — antes, a data final era até 29 de abril. A instrução normativa nº 2.077 foi publicada no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (05/04). Também foram prorrogados para maio os prazos relativos à declaração de Imposto de Renda de quem saiu do país e da declaração de espólio. Já as restituições seguirão o cronograma anterior, sem alteração.
 
 
O contribuinte que tiver imposto a pagar e quiser colocar a 1ª parcela ou a quota única em débito automático no banco precisa agora enviar a declaração do IR 2022 até o dia 10 de maio – antes, a data final era até 10 de abril. Para as declarações enviadas após o dia 10 de maio, o pagamento da primeira cota deverá ser realizado com DARF.