Notícias

13/03/2019

Abracicon promove a abertura do primeiro NAF na África

A Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) inaugurou, no dia 28 de fevereiro, na Guiné-Bissau, o primeiro Núcleo de Assessoramento Contábil e Fiscal (NAF) da África, na Escola Politécnica Nova Esperança, (Ipnove ou IP-9), em solenidade que contou com a presença de estudantes, professores e da administração da escola.

O projeto é parte do programa AbraciNAF, desenvolvido pela Abracicon como apoiadora de núcleos semelhantes no Brasil e no mundo. Na África, o projeto é denominado NAFrica.

Segundo Clóvis Belbute, acadêmico da Abracicon, a África é o local ideal para uma maior expansão dos núcleos, que já somam mais de 500 em toda a America Latina. “Já havíamos apresentado as primeiras tratativas do projeto NAFrica durante o XI Encontro Nacional de Professores de Ciências Contábeis, realizado em setembro de 2018, em São Paulo, e agora ele se torna realidade aqui em Bissau”, afirmou Belbute.

Malam Sisse, professor e presidente da Ipnove, ressaltou o compromisso da instituição com a inovação e com a sociedade de seu país, registrando que os alunos terão todo o apoio e que a semente do NAF da Guiné-Bissau se espalhará pela África.

A presidente da Abracicon, Maria Clara Bugarim, saudou os estudantes da faculdade e de toda Guiné-Bissau em um vídeo apresentado durante a abertura do primeiro núcleo. Bugarim reforçou o papel fundamental da Abracicon no apoio a iniciativas como o NAF, de desenvolvimento do conhecimento e da classe contábil.

Sobre o NAF

No Brasil, o NAF tem se desenvolvido como parceria entre a Receita e as Instituições de Ensino Superior (IES), cujo objetivo é oferecer serviços contábeis e fiscais gratuitos para pessoas físicas e jurídicas de menor poder aquisitivo, proporcionando aos estudantes formação sobre a função social dos tributos, direitos e deveres associados à tributação.

 

Por Conselho Federal de Contabilidade