Notícias

15/02/2019

CFC institui Plano de Desenvolvimento de Líderes

Brasília -  Buscar a qualificação, o aperfeiçoamento e o desenvolvimento dos gestores e conselheiros do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Essa é a premissa do Plano de Desenvolvimento de Líderes do CFC  (PDL) que foi aprovada por meio de portaria,  na reunião Plenária da entidade, ocorrida no dia 7 de fevereiro, em Brasília (DF).

O Plano, que faz parte da Política de Governança no âmbito do Sistema CFC/CRCs, é estruturado por programas temáticos, que representam as necessidades de capacitação identificada para os líderes do Conselho Federal.

De acordo com a diretora executiva do CFC, Elys Carvalho, “o PDL se fundamenta na necessidade de desenvolvimento de lideranças dentro do corpo funcional, com o intuito de buscar soluções eficientes com foco em uma gestão mais participativa”, avalia.

Ainda, segundo Tevania, “a liderança é uma habilidade nata que pode ser estimulada e aprimorada. Independente do cargo ocupado, é importante que as empresas incentivem seus colaboradores na busca pelo desenvolvimento de suas habilidades na qualidade de líderes de suas equipes”.

O Plano apresenta objetivos específicos, a exemplo de motivar a equipe para o desenvolvimento de habilidades e responsabilidades; melhorar a relação com os demais colaboradores e seus superiores; desenvolver a visão estratégica; e influenciar pessoas a atingirem resultados.

Política de Governança

Em setembro do ano passado, o CFC publicou a resolução sobre a Governança Institucional do Sistema CFC/CRCs, que tem como objetivo, além de instituir a política de governança, reforçar a importância das boas práticas que contribuem para a qualidade da gestão.

A Resolução sobre governança  direciona e monitora as estratégias, políticas e planos institucionais do CFC, alinhando as ações às necessidades das partes interessadas, de modo a assegurar o alcance dos objetivos e a prestação de serviços de qualidade; aperfeiçoar os controles internos e implementar a gestão de risco aos processos e procedimentos de trabalho, garantindo sua eficácia e melhoria no desempenho das atividades; e promover a comunicação aberta, voluntária e transparente, fortalecendo a participação social e o acesso público à informação.

Os princípios fundamentais da boa governança estabelecidos pela Resolução são a transparência, ética, eficiência, integridade, equidade e accountability, este último refere-se ao conjunto de boas práticas adotado pelas organizações públicas e pelos indivíduos que as integram, os quais evidenciam sua responsabilidade por decisões tomadas e ações implementadas, incluindo a salvaguarda de recursos públicos, a imparcialidade e o desempenho das organizações.

A Resolução foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 26 de setembro e já está disponível no site do CFC. Para ler a íntegra do documento, clique aqui.

 

Conselho Federal de Contabilidade