Notícias

20/06/2018

Resultados do Plano de Supervisão Baseada em Risco

Relatório do segundo semestre do biênio 2017-2018

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulga hoje, 18/6/2018, o segundo Relatório Semestral do Plano Bienal de Supervisão Baseada em Risco (SBR) 2017-2018.

“O Plano Bienal e as prestações de contas periódicas permitem o melhor entendimento e acompanhamento dos processos de identificação, análise, priorização, mitigação e monitoramento de riscos de mercado executados pela CVM. Assim, a divulgação desse material ao público é essencial para que seja dada transparência à forma com que conduzimos nossa supervisão e fiscalização baseada em riscos, bem como aos objetivos almejados e resultados conquistados.” – Marcelo Barbosa, presidente da CVM.

No relatório do segundo semestre (julho-dezembro) do biênio 2017-2018, se destacam:

Companhias abertas: supervisão dos boletins de voto a distância e aprofundamento da supervisão das seções 5 (Informações relativas à política de gerenciamento de riscos), 10 (Comentários dos diretores sobre condição financeira/patrimonial) e 13 (Remuneração dos administradores) do Formulário de Referência.
Auditores Independentes: avaliação dos relatórios de auditoria (conformidade com as normas profissionais e desconformidades contábeis presentes nas demonstrações financeiras) e acompanhamento do Programa de Revisão Externo do Controle de Qualidade dos Auditores.
Fundos de Investimento: supervisão do potencial aumento do risco de alavancagem com derivativos da indústria de fundos de investimento e da precificação de ativos em fundos de investimento em participações (FIPs).
Mercados e Intermediários: ações de supervisão direta sobre os intermediários, com ênfase em iniciativas com foco no combate à lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo e em fintechs.
Registro de Ofertas Públicas: supervisão de ofertas públicas de aquisição (OPAs) e de distribuições registradas, além da ampliação do escopo das atividades pautadas pelo SBR para o período de 2017-2018, com a introdução do Evento de Risco 3 (Irregularidades em Ofertas Públicas de Distribuição com esforços restritos).
Mais informações
Acesse o Relatório Semestral (Julho-Dezembro) do Plano Bienal de Supervisão Baseada em Risco (SBR) 2017-2018.

fonte: Conselho Federal de Contabilidade